Cinco erros comuns ao servir a cerveja

Todo mundo tem seus macetes na hora de servir a cerveja e muitos deles são passados no boca a boca, na família e entre amigos. O que muitas vezes não se sabe é que alguns dos mais comuns são erros que podem interferir negativamente na hora de beber. Confira abaixo cinco manias que deveriam passar longe da sua ceva.

1 – Cerveja estupidamente gelada

Esse é um dos principais erros cometidos ao se beber cerveja. É comum que se ache que a garrafa precisa estar estupidamente gelada, numa temperatura abaixo de 0ºC e com aquela capa branca de gelo na sua superfície. Ok, até fica bonito na foto, mas está entre as piores coisas que se pode fazer com uma cerveja.

Acontece que em uma temperatura como essa nossas papilas gustativas são anestesiadas e não conseguimos perceber todos os sabores da bebida. Não é necessário beber a cerveja quente, basta observar qual a temperatura indicada para cada estilo. Uma Bohemian Pilsner, por exemplo, estará ótima e bem gelada entre 2ºC e 5ºC. Já algo mais robusto, como uma Imperial Stout, estará perfeita entre 8ºC e 10ºC. E pode servir até um pouco abaixo disso, pois com o tempo ela aquece no copo.

2 – Copo gelado

Quem não cresceu vendo o pai e a mãe, os tios e avós, manterem copos para cerveja no congelador de casa? Essa é uma mania muito comum por aqui e parte da ideia de que assim a bebida ficará gelada por mais tempo. Só que é outro erro que também atrapalha na percepção dos sabores. Outro problema é que o gelo do copo começa a derreter assim que ele sai do freezer e para onde essa água vai? Exatamente, pra dentro da sua cerveja.

3 – Copo sujo

Sabe aquele copo de cerveja repleto de bolhinhas por dentro, que parece um refrigerante? Ele está sujo. Copos e taças devem ser lavados com uma esponja exclusiva, para evitar que a gordura e restos de alimentos de outros utensílios domésticos fiquem neles. Além disso, deve-se usar detergente neutro e é preciso enxaguar bem. Gordura e resíduos do sabão não só causam o efeito de refrigerante, como podem atrapalhar na formação de espuma e interferir nos aromas da bebida. Ah, e não adianta nada lavar tudo muito bem e deixar o copo no armário por meses sem lavar, pois a poeira também é sujeira.

erros serviço cerveja 2

O que é isso acompanhando suas batatinhas? Um copo de guaraná?

4 – Sem colarinho

Já que falamos dela, aí vai outro hábito que deve ser banido: beber cerveja sem espuma. O colarinho, ou o creme, é fundamental para a bebida e se forma na quantidade correta para cada estilo quando servido corretamente. Ele ajuda a manter os sabores e aromas, evita o contato do líquido com o oxigênio e mantém a temperatura por mais tempo.

5 – Encostar o gargalo ou a torneira na bebida

Ao servir uma cerveja, seja de uma garrafa, lata ou na torneira sempre mantenha uma pequena distância, de um a dois dedos, do copo ou taça. E jamais encoste o recipiente na bebida, pois isso faz com que qualquer sujeira que esteja nele vá parar dentro do líquido. Lembre-se que você não faz ideia de como ou onde as garrafas e latas estavam armazenadas antes.

1 thought on “Cinco erros comuns ao servir a cerveja”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *