10 cervejas brasileiras para aproveitar no inverno


Não existe hora para beber uma boa cerveja, mas alguns estilos casam muito bem com o frio do inverno. E como ele chegou oficialmente nessa madrugada, que tal aproveitar a promessa de queda nas temperaturas para abrir aquela cerveja mais potente guardada em algum canto da casa?

Fizemos uma lista de 10 rótulos nacionais que são ótimas opções para essa época do ano. Não foi fácil, pois cabiam ainda muitas outras belas cervejas brasileiras que casariam perfeitamente com o frio. Confira:

1 – Petroleum – Dum: Não da para falar de cervejas potentes nacionais sem mencionar a Petroleum, da paranaense Dum. Uma das Russian Imperial Stouts mais equilibradas e saborosas do Brasil, tem notas marcantes de café e chocolate, e na boca é cremosa e causa uma agradável sensação de aquecimento.

2 – Monjolo – Tupiniquim: Um clássico brasileiro, a Monjolo da gaúcha Tupiniquim nunca falha quando o assunto é potência e equilíbrio. Ela é uma Imperial Porter elegante, com 10,5% de álcool, notas de café e chocolate amargo, e aquecimento na medida.

3 – Três Lobos Bravo – Backer: Se tem uma Imperial Porter brasileira que merece o adjetivo boa e barata essa é a Bravo, da mineira Backer. Por um precinho camarada da pra saborear toda a complexidade dessa cerveja, que envelhece em barris de amburana e tem leves toques de baunilha, chocolate, café e aquece até a alma com seus 9% de ABV.

4 – Cerveja do Amor – Bodebrown: A sazonal de Dia dos Namorados da Bodebrown já é um sucesso e todo ano vem um pouco diferente. A versão 2017 dessa Fruit Beer está com 14% de ABV e é uma cerveja incrível, equilibrada e com boa presença das amoras usadas na receita. Mas é bom correr, pois são poucas as garrafas.

5 – Magic Trap – Hocus Pocus: Bem conhecida dos cervejeiros cariocas, a Magic Trap, da Hocus Pocus, é um belo exemplar de Belgian Strong Golden Ale produzida no Brasil. Apesar de seus 8,5% de ABV, é uma cerveja de boa drinkability e com aroma marcante de banana e condimentos.

6 – Amburana Lager – Way Beer: Já que é pra falar de bom custo-benefício, não pode faltar a Amburana Lager, da paranaense Way Beer. Como o nome já diz, ela é uma Lager escura envelhecida em barris de amburana, que confere aromas amadeirados para uma cerveja forte, com 8,4% de ABV, mas fácil de beber.

7 – Pinhão Barley Wine – Insana: Um estilo que combina muito com o inverno e que merecia mais exemplares nacionais é Barley Wine. Essa aqui, da paranaense Insana, é sazonal e vale dar uma conferida. Com 8,5% de álcool ela apresenta notas do pinhão, assim como de frutas secas e amadeirado leve.

8 – Dubhlinn – O Motim: Não são apenas as cervejas muito alcoólicas que combinam com o inverno. Uma Dry Stout também cai bem na estação, e um dos ótimos exemplos nacionais é a Dubhlinn, da carioca O Motim. Com 4,3% de ABV, essa cerveja busca fidelidade ao estilo clássico irlandês e é uma boa pedida para tomar uma atrás da outra.

9 – Porter Berry – Capa Preta: A cervejaria mineira Capa Preta acertou no alvo ao inserir framboesas vermelhas nessa ótima Porter com 5,4% de ABV. A fruta é bastante perceptível e combina muito bem com as notas de café e chocolate, características do estilo.

10 – Rauchbier – Bamberg: Cerveja fácil de achar e com preço bom, a Rauchbier da paulista Bamberg brilha por acertar o alvo num estilo tão tradicional. Com ABV de apenas 5,2% ela é uma cerveja muito fácil de beber, com o característico defumado do malte.

Categorias:Cerveja artesanal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: